Smart Logística // Web
Uma empresa do grupo

08/12/2015 às 21:23

2.500 km mostram por que Brasil não consegue competir

Com os economistas projetando uma contração de 2,85% na economia em 2015, segundo pesquisa semanal do Banco Central, os custos com logística continuarão pesando sobre os lucros das empresas e poderão desacelerar qualquer recuperação.
O superciclo das commodities e o frenesi dos mercados emergentes que impulsionaram os investimentos durante os anos de expansão da última década acabaram, deixando exposto um sistema que os críticos dizem que sempre precisou de uma reforma estrutural.

“Temos um problema sério de logística no Brasil. Ela é muito precária e essa é uma das coisas que mais encarece produtos”, disse Adriano Pires, presidente da consultoria de transporte e energia CBIE, do Rio de Janeiro.

“A logística tem impacto em todos os setores da economia”.

Em setembro de 2014, a Modern Participações obteve um investimento de R$ 75 milhões, ou cerca de US$ 33 milhões no câmbio da época, da DXA Investments, um fundo de private-equity do Rio de Janeiro.
Lee espera conseguir as autorizações até o fim do mês para começar a operar com seu primeiro avião em novembro e planeja ter mais quatro aeronaves no ar até o fim do ano.
Ele está em negociações avançadas com mais dois clientes no momento e disse esperar alcançar a lucratividade em 2017.
A burocracia brasileira já causou um atraso de 8 meses nos planos de Lee – ele deveria ter começado o transporte de cargas em março – e não há garantias de que não vá demorar ainda mais para que ele comece a operar.
“Há uma montanha de papelada para se transportar qualquer coisa”, disse Pires. “Há um papel aqui, um ali, permissão da agência a, regulador b. É extremamente complexo”.

Voltar

Smart Logística - Av. Wilson Tavares Ribeiro, № 1400, Bairro Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Contagem/MG - CEP 32183-680
Tel. (31) 3369-9900 - (11) 94167-5419 - E-mail: [email protected]

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.